BíbliaNotícias

Pastor Teófilo Hayashi convoca jovens cristãos a se oporem ao avanço do aborto

O pastor Teófilo Hayashi expressou veemente oposição à recente nota do Ministério da Saúde que, temporariamente, permitia o aborto em gestações avançadas, especificamente em casos de estupro. A nova orientação gerou controvérsias e críticas, levando à sua suspensão pela Ministra da Saúde, Nísia Trindade, após a repercussão negativa.

Hayashi convocou os jovens cristãos e a comunidade evangélica brasileira a se mobilizarem contra a prática do aborto. Em um vídeo compartilhado em suas redes sociais, o líder da Zion Church destacou a importância de estar alerta, educar-se e interceder espiritualmente diante desse desafio, ressaltando que a batalha é espiritual.

O pastor questionou a proposta de permitir o aborto até as 40 semanas de gestação, salientando que não há diferença entre um bebê de nove meses dentro ou fora do útero materno. Ele enfatizou a necessidade de considerar alternativas como a adoção, argumentando que, se a criança não é desejada, há opções que preservam a vida.

Orientação maligna

Teófilo Hayashi classificou a nova orientação governamental como maligna, tanto espiritual quanto moralmente. Ele interpretou a suspensão da nota como um teste do governo para avaliar a reação da sociedade diante de pautas controversas, indicando a existência de uma estratégia por trás dessas iniciativas.

O pastor alertou para a discussão iminente sobre a descriminalização do aborto no Supremo Tribunal Federal (STF) e mencionou o voto favorável da ministra Rosa Weber. Hayashi reiterou a posição de que o aborto é considerado pecado e infanticídio, citando passagens bíblicas que condenam o derramamento de sangue inocente.

Ele conclamou a juventude cristã a levantar suas vozes em defesa dos inocentes, encorajando a expressão de posicionamentos nas redes sociais e em seus ambientes acadêmicos, mesmo diante da possibilidade de enfrentar perseguição religiosa.

Nesse contexto, o pastor destacou a importância de não se calar diante dos desafios contemporâneos e de se posicionar em conformidade com os valores e princípios cristãos.

Lucas Alves

Jornalista e colaborador do Diário da Fé.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo